Contagem regressiva: faltam 3 dias para voltar ao trabalho!

Sabe quando você começa a contar os dias para uma coisa acontecer? Pois é, isto está acontecendo comigo, só que ao contrário.

Eu começo a trabalhar na segunda-feira. Não é que eu não queira trabalhar, eu quero. Eu gosto de acordar, me arrumar, sair, produzir, e adoro o meu trabalho. Sou editora de uma revista para estudantes, a its. Meu trabalho envolve produzir matérias para a revista e editar as matérias que os meus colegas produzem. Viu? É legal, é bem legal. Eu tenho colegas bárbaros, supercompetentes e divertidos. Então por que eu me sinto tão *assim*? A resposta é óbvia… ficar longe da Alis é dolorido, mas necessário.

Tenho curtido muito cada segundo com a Alis. Eu paro, respiro o momento, realmente tento absorver a presença dela comigo. Cada sorriso, cada episódio de tagarelice dela (gente, como balbucia essa menina, puxou a mãe), cada choro. Tudo me é fofo e doloridamente gostoso, porque sei que só vou conseguir curtir meeesmo a presença dela, desse jeito, full-time, nos fins de semana.

Eu só acho que está tudo errado. Uma mãe não deveria ter que se separar da sua filha (ou filho, claro) quando esta tem apenas 4 meses de idade. Sei que já bati nesta tecla no post passado, mas parece ir contra tudo aquilo que o nosso organismo nos informa. Eu, por exemplo, sinto que ela precisa da minha presença por mais tempo. Estamos com uma boa dinâmica de amamentação. Eu complemento com NAN desde o quarto dia de vida dela, mas nunca precisei dar uma mamadeira antes das 13h. Das 22h da noite até as 13h do dia seguinte a Alis fica tranquila só no seio. É depois disso, que parece que o seio não enche tanto, que eu dou uma mamadeira. Trabalhando, não vamos mais poder seguir com essa dinâmica e talvez minha produção de leite diminua (mas para isso não acontecer comprei a bomba de tirar leite). Isso me causa uma tristeza enorme, adoro amamentar. Mas ok, o desmame vai acontecer em algum momento, só não quero que seja agora.

E tem aquela sensação estranha de saber que eu vou estar no trabalho e ela na escolinha (só a partir do 5º mês, explico melhor em seguida*). Eu vou sentir uma saudade gigante, acho que ela também. Se eu pudesse ao menos encapsular o cheirinho dela pra levar comigo para o trabalho… wishful thinking! Mas a vida é assim mesmo, né? A gente cria os filhos para o mundo e não para satisfazer as nossas vontades. Mas que dói, doi!

Já estou morrendo de saudades!

 * Mas eu tenho muita sorte. Tenho um maridón de ouro! As férias dele começam na segunda-feira, então durante um mês, pelo menos até a Alis completar 5 meses, ele vai ficar com a pequena. Super dad!

2 Comentários

Arquivado em Vida de mãe

2 Respostas para “Contagem regressiva: faltam 3 dias para voltar ao trabalho!

  1. Tatá

    oi Mel, claro que você já deve ter pensado nisso, mas você não consegue fazer um home-office pelo menos meio período pra ficar com a pequena? Até o meu coração apertou de ler isso… Que a força esteja com vcs🙂

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s