Arquivo da tag: alimentação

Links de segunda-feira

Image

PS: Fui obrigada a começar com esta foto, que foi tirada no sábado, porque (vamos combinar) está muito fofa (: ❤

1. Ontem acordei com a Alis me chamando do berço, pedindo “mamá”. “Mamá, mamãe, mamá” para ser bem exata. Levei-a para a sala, preparei uma mamadeira para mocinha, um café para mim e liguei a TV no desenho “Peppa Pig”, alguém aí já assistiu? Estou 100% obcecada e apaixonada pela porquinha Peppa e pela família dela. O desenho passa no canal Discovery Kids, cada episódio tem 5 minutos e é a fofura transformada em cartoon. Segue um vídeo abaixo como “prova”:

2. Para as mães desesperadas, um post encorajador: tudo melhora com o tempo! 

3. Auto-imagem é uma coisa que PEGA pra qualquer mãe normal. A gente rala pra conseguir voltar ao peso pré-gravidez e, quando consegue, sua mais um pouco pra manter e ficar em paz com as marcas da gravidez, sejam elas as estrias, os seios que sentiram o peso do leite, a cicatriz da cesárea quando é o caso e as olheiras que insistem em não desaparecer! Essa bela notícia no Huffington Post mostra ensaios com mães e as marcas da maternidade, vale conferir: olha só.

4. O Blog Americano Scary Mommy, uma referência para pais gerenciado pela hilária Jill Smockler, traz guest posts de várias pessoas e vários assuntos. O texto do link (que está em inglês), foi escrito pela Katherine Stone e fala sobre depressão pós-parto. Katherine sofreu depressão pós-parto e hoje em dia tem um blog chamado Postpartum Progress (postpartumprogress.com/), onde ela trata do assunto. Confira o texto.

5. A notícia está em inglês (ai, pequei neste post, né? Tudo em inglês… desculpa, da próxima vez serei mais brasileira), mas é sobre como pode ser cansativo fazer almoço e jantar todos os dias para os filhos, ainda mais quando se tenta ser criativ@ e fazer comidas saudáveis. O que eu mais gostei (li apenas o começo da notícia) foram as fotos de comida no final, porque elas já me deram uma ideia do que fazer para a Alis. 

Bom começo de semana!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Links, Vida de mãe

Alimentação x Estomatite

Olá!

Hoje eu tinha definido outra pauta para compartilhar com vocês, mas acabei de voltar do almoço com meu marido e com a pequena Valentina e resolvi mudar tudo.. rsss. A minha toddler já está com 1,8 meses e desde pequena nunca tínhamos tido problemas com a sua alimentação, mas recentemente ela teve estomatite (http://brasil.babycenter.com/a3400299/estomatite-1-a-3-anos) e desde então, ela ainda não recuperou o apetite habitual.

Rapidinho para vocês entenderem melhor, os principais sintomas da estomatite são:

  • Pequenas feridas no interior da boca, rasas e com bordas bem definidas e arredondadas;
  • Inflamações na gengiva;
  • Inflamações na garganta;
  • Sangramentos na gengiva;
  • Quando em bebês, eles podem babar com mais intensidade;
  • Mau hálito;
  • Dor nas áreas lesionadas;
  • Inchaço das amígdalas;
  • Febre alta.

Durante o período em que ela estava com a virose a pediatra me aconselhou a oferecer mais doce do que salgado, porque a criança acaba tendo  muita dificuldade para se alimentar. Nesse momento, fiquei insegura, mas diante dos fatos não pensei duas vezes para introduzir o chocolate e alimentos mais calóricos. Teve um dia, por exemplo, que ela comeu apenas um Danoninho, e duas mamadeiras e eu decidi ir para o supermercado e fiz uma compra com alimentos que normalmente ela não comeria.

Comprei bolinhos prontos, mucilon de caixinha, fortini, sustage, sucos prontos, kinder ovo, gelatina, sorvete, etc… quando passei no caixa pensei comigo mesma: “essas pessoas devem estar achando que sou uma mãe sem noção”, tamanha era a porcariada no meu carrinho de compras.

Bem, aos poucos ela foi conseguindo comer e é claro que não recusou a “porcariada”, o que facilitou para ela ter energia e recuperar a coragem para comer.

Já faz mais de duas semanas e como eu disse no inicio ainda estamos tento dificuldades para fazer com que ela coma uma quantidade razoável de alimentos salgados e nutritivos e é claro que até hoje ela olha para geladeira e pede: “Doce….doce mamãe”. Não é fácil!

Ainda tenho que lidar com a cara de reprovação do maridex e com comentários do tipo: “essa criança não pode comer chocolate?”, mas fica entre nós que ele estava viajando durante a virose, acho que se estivesse aqui e participasse dos momentos de tensão ele entenderia melhor. Tem coisa pior que ver uma criança recusando comida?

Além das porcarias o que tem motivado muito ela é o fato de que agora ela come sozinha na mesinha e comprei vários kits de utensílios com  as Princesas que ela adora! Tenho carregado um kit com colher , garfo, pratinho e babador sempre que saio e mesmo nos restaurante ela me pede para colocar o babador e fica mega feliz quando vê o kit para alimentação. Depois passo uma agua no banheiro ou o garçom leva para lavar e depois me devolve, acho super prático (#ficaadica).

Image

Agora vamos voltando aos poucos com uma alimentação balanceada e promovendo uma reeducação alimentar com muita criatividade (em breve posto fotos e receitas criativas aqui).

Lembrando que:

* Fortini e Sustage foi recomendado pela pediatra e cada criança utiliza as medidas de acordo com a sua necessidade;

* é importante desde já escovar os dentinhos dos pequenos para evitar futuros problemas.

Para mais informações/estomatite:

http://www.tuasaude.com/sintomas-da-estomatite/ http://bebe.abril.com.br/materia/e-estomatite

Deixe um comentário

por | junho 24, 2013 · 8:35 PM